Páginas

domingo, 10 de janeiro de 2010

O desafio da Igreja - Parte 2

Reforma Constitucional ( Ano 2.010 )
A Bíblia diz que no fim dos tempos os filhos de Deus serão perseguidos e odiados. Veja aqui abaixo algumas leis brasileiras, que, SE APROVADAS, impedirão a nossa ação à favor do Evangelho no Brasil:
Será proibido fazer cultos ou evangelismo na rua (Reforma Constitucional)
Cultos somente com portas fechadas (Reforma Constitucional)
As igrejas serão obrigadas a pagarem impostos sobre dízimos, ofertas e contribuições.
Programas evangélicos na televisão apenas uma hora por dia.
Pastor só poderá fazer programa de televisão, se tiver faculdade de 'jornalismo'.
Será considerado crime pregar sobre espiritismo, feitiçaria e idolatria, e também veicular mensagem no rádio, televisão, jornais e internet, sobre essas práticas contrárias a Palavra de Deus.
Pastores que pregarem sobre dízimos e ofertas, dependendo do número de reclamações, serão presos.
Pastores que forem presos por pregar sobre práticas condenadas pela Bíblia Sagrada (homossexualismo, idolatria e espiritismo), não terão direito a se defender por meio de ação judicial.
Igrejas que não realizarem casamento de homem com homem e mulher com mulher, estarão fazendo 'discriminação', poderão ser multadas e os pastores processados.
Querem que o dia do 'Orgulho Gay' seja oficializado em todas as cidades brasileiras.
Projeto nº 4.720/03 / Projeto nº 3.331/04 / Projeto nº 299/99 / Projeto nº6.398/05/Projeto nº 1.154/03 /Projeto nº 952/03 / Projeto nº 4.270/04 / Projeto nº 4.270/04 / Projeto de nº 216/04
Outros: Existem outros projetos em andamento que ferem princípios bíblicos, entre eles:
Casamento de homens com homens e mulheres com mulheres.
Estabelecer um dia oficial do 'Orgulho Gay' em todas as cidades brasileiras, entre outros.
Comentário : Interferência total do Estado na Igreja
Pastor Valdir

Um comentário:

Construtores de Cidadania disse...

Creio significativamente que os desafios que a igreja e os cristão de hoje terão de enfrentar antes de serem "desafios", serão oportunidades para novas atuações dos chamados seguidores de Jesus de Nazareth. A igreja de hoje está mergulhada em sociedades que envolve políticas do tipo que o Presidente Lula descreveu. Ou seja, que fazem acordos com Judas. Muitos gritaram quando ouviram isso de um presidente que se diz Cristão.Mas, concordo que se não nos associamos as políticas, baseando as aparições de candidatos nos púlpitos da igreja, com permissões existentes nos textos da Bíblia, estamos no mínimo sendo coniventes com os desmandos e falcatruas quando concedemos autoridade as bancadas partidárias que se dizem evangélicas ou Cristãs.O resultado dessa omissão são as leis que nos atinge. Resta uma certeza, a que Deus tudo vê. Se permite tal situação é porque deseja que nós voltemos de corpo inteiro as origens do seu amor.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...