Páginas

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

CORAÇÃO PURO E ESPÍRITO RETO


No SALMO 51:10 Davi ora ao Senhor e no fim, depois de confessar-se pecador, pede que Deus mude seu coração e seu espírito. Pede um CORAÇÃO PURO E UM ESPÍRITO RETO. Por que Davi faz esse pedido? Em seu íntimo Davi sabia que seu coração tinha a inclinação para o pecado, e esse saber lhe angustiava. Davi não queria estar distante de Deus por seu espírito irreverente. Todos nós, vez ou outra, nos deparamos com nossos próprios pecados e nos damos conta que nos afastamos de Deus. Como voltar ao início e tomar a direção certa? Um coração contrito sente a dor e a angústia de ter se afastado do objeto do seu amor, Jesus Cristo. Paramos, ficamos como que em suspenso até que arrependidos nos voltamos ao Senhor confessando nosso pecado e Lhe pedindo que nos perdoe. Davi entendeu isso e reconheceu quem era, UM PECADOR! Era só disso que Deus precisava com Davi, e também conosco. Deus só precisa encontrar em nós um coração quebrantado e contrito para iniciar o processo de restauração. À partir daí, moldar o caráter daquele que se arrepende para que aprenda e não volte a pecar naquilo em que foi tratado. "Não fará justiça o justo juiz de toda a terra?" Sim, muitas vezes colhemos amargos frutos de nossos pecados. Ao nos afastarmos de Deus, Ele nos busca e nos atrai de volta ao centro de Sua vontade. Que amor e misericórdia são esses que faz com que um Deus Santo, Puro e Reto se volte para um pecador desejando restaurar-lhe a comunhão consigo?
Não merecemos estar diante dessa presença Santa e gloriosa, mas aprouve a Deus providenciar um sacrifício perfeito na cruz do Calvário para que tivéssemos um Advogado perante Ele. É Jesus quem nos justifica na presença de Deus, e pelo sangue de Jesus, derramado na cruz é que podemos ser sarados e restaurados à comunhão com Deus, Nosso Senhor.
Um dia fugimos da presença de Deus porque descobrimos que estamos nús. Mas, ainda assim Deus nos pergunta: Onde estavas? Somos amorosamente confrontados em nossos pecados, não para sermos humilhados, envergonhados e rejeitados, mas para sermos tratados, compreendermos que nos afastamos e que precisamos voltar. Deus nos toma pela mão e guia ao arrependimento. Nos perdoa e purifica de todo pecado. Davi orou: "Cria em mim, ó Deus um coração puro, e renova em mim um espírito reto..." E Deus ouviu essa oração de Davi. Que nossa oração hoje possa ser essa mesma oração de Davi para que Deus mude nosso coração para que nos voltemos à Deus com um espírito contrito e submisso à Sua Palavra.

autor: Ana Elisa Dantas de Souza Pires.

2 comentários:

Ana claudia Stelet Moreno da Silva disse...

Olá! Graça e paz. Passando para conhecer seu espaço e parabéns pelo blog abençoador. Que o Deus de toda a graça te abençoe mais e mais. Se quiser nos visitar será uma alegria.
blogdamulhercrist.blogspot.com

AMOR A SIÃO disse...

Este trcho concorda com o trecho do díalogo de Jesus e o jovem rico (Lucas 18:18-30) onde o Senhor declara que aquele que confia nas riquezas não entraram no Reino de Deus, neste trecho o apóstolo Pedro indaga sobre quem pode ser salvo, então Jesus revela um mistério da mente de Deus onde declara: "O que impossível para o homem é possível para Deus". Particularmente esta revelação de que Deus pode e quer transformar o homem tirando o amor ao dinheiro de seu coração é que me fascina e dá esperança de viver uma vida completamente livre das coisas terrenas. Obrigado Jeus por teu amor.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...